The only real voyage of discovery consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes. Marcel Proust


segunda-feira, 18 de junho de 2018

Sobre a Leitura e o preconceito de classe

É notório que quem lê com assiduidade e evolui em qualidade pode sim tornar-se uma mente pensante ou uma voz articulada na sociedade ou mesmo no mundo restrito de um quarto onde grava videos para o YT. Os exemplos são facilmente encontrados na rede.

Quando a acessória do ex-presidente Lula divulgou que a leitura tem sido uma das ocupações dele, bem como exercícios físicos, alguns seguidoras de um guro que vive no Arizona se apresaram em fazer as contas, já que divulgou-se que em 57 dias de carcere privado-como preso político que é, o ex presidente teria lido 21 livros. A tal seguidora surpresa, pois só deve ter visto os vídeos de seu guru, conclui que em média o Lula deveria ler 55 páginas por dia e que essa média era irreal, principalmente vinda de um semi-analfabeto.

Provavelmente a maioria dos brasileiros não lê 55 páginas por dia. Muitos não leem nenhuma porque estão trabalhando e não tem tempo de ficar na net propagando ódio de classe. Muitos sequer tem emprego. Os que sabem ler e os que não sabem.

Meu vô era semi analfabeto e foi nele que me inspirei para gostar de ler. Ele lia jornal e depois reunia as crianças para contar histórias adaptadas das notícias que havia lido. Meu pai estudou pouco e lia muito, pelo menos enquanto tinha tempo. Ser semi analfabeto não significa limitação.

O que o ex presidente faz é um bom exemplo não só a quem tem limitações mas a quem se sente diminuído pela sociedade. Ele diz a essas pessoas: Se eu que vim do sertão nordestino posso ler 21 livros em 57 dias vc. também pode. Ainda que seja menos, mas pode. E nem precisa estar preso.

Outra discípula do guru fez um vídeo dizendo que sabia porque o Lula tinha lido tanto. Dizia ela que era para diminuir a pena pois há uma lei estadual que dá esse beneficio a quem lê na prisão. Certo, é uma lei que teve inicio no estado do Paraná e depende de cada estado adotar ou não. Assim como o apenado pode solicitar redução de tempo de pena ao trabalhar no regime fechado ou semi-aberto, ou estudar, ele pode reduzir 3 dias a cada dia trabalhado ou estudado. Já o apenado leitor pode reduzir 4 dias de seu tempo de prisão a cada livro lido. Mas não basta ler o livro é necessário faze ruma resenha e esta ser aprovada por um examinador. Não acho que o Lula esteja pensando em solicitar o benefício, embora pudesse. Ademais depois de outubro sua prisão não terá mais utilidade e ele poderá sair dela. Mas suponhamos que ele lesse 100 livros em um ano. Então ele reduziria pela metade a pena, apenas lendo livros.

Lembro do Mike Tayson ter falado que lia muito na temporada que passou na prisão. Ler nunca é demais.

A moça do vídeo disse que não concorda com essa lei porque então o estuprador sairia rapidinho da prisão. Esses pessoas que ficam pondo seletividade em tudo. Se a lei existe ela é para todos. Mas ela quer escolher quem pode e quem não pode ter direito a lei. Tipo as pessoas que a cada dia das mães ficam indignadas porque a Richthofen ganha indulto do dia das mães. Então se alguém matar o papai noel não pode receber indulto de Natal? E aquele personagem de Ratos e Homens, do John Steinbeck, o George, que matava os coelhos, não pode ter indulto de Páscoa? Com certeza há muita seletividade na aplicação das leis. O processo do Lula está cheio de seletividade. Há muitos outros que cometeram crimes e tem provas e não estão presos. Porque não vem ao caso.

O que há é um ódio doentio ao ex presidente Lula. e qualquer coisa que ele fizer vai ser motivo desse lado do ódio vir a público mostrar quanto é seletivo no seu ódio também,

Que o Lula leia e leia muito, porque esses que fazem piada e chacota não devem ler nem bula de remédio, mas que lessem pelo menos 5 páginas por dia, quem sabe suas vidas seriam menos seletivas.

Caso você queira saber a lista de livros que o Lula já leu:

1.A Elite do Atraso-Jessé Souza
2.Homo Deus- Yuval Harari
3.Laika-Nick Adodzis
4.Os Beneditinos-José Trajano
5.O Amor no Tempo do Cólera-Gabriel Garcia Marques
6.Vá Coloque um Vigia- Harper Lee
7.Feminismo em Comum-Márcia Tiburi
8.O Último Cabalista de Lisboa-Richard Zimler
9.Um defeito de cor-Ana Maria Gonçalves
10.Dois Cigarros-Flávio Gomes
11.Quem Manda no Mundo-Chomsky
12,A Poeira e a Estrela-Maciel Melo
13.Esquerda do mundo uni-vos- Boaventura de Sousa Santos
15,A Melancia do presidente- Wellington Dias
16.Belchior-Apenas um rapaz latino americano- Jotabê Medeiros
17.O Voto do brasileiro- Alberto Carlos Almeida
18.O Sol na cabeça- Geovani Martins
19.O Último judeu. Uma história de terror na inquisição- Noah Gordon
20.Thomas Piketty e o segredo dos ricos- Ladislau Daebor
21. Ressurreição- Tolstoi
22.Vida-Biografia-Paulo Leminsky

Funte: Lula.com.br




domingo, 17 de junho de 2018

Por que as pessoas estão sempre lendo os mesmos livros?

A culpa é das listas. Há muitas por ai. Na verdade são livros com listas. O primeiro a desbravar esse caminho foi 1001 livros para ler antes de morrer. Depois vieram outros 501  grandes escritores, 501 livros que merecem ser lidos e o mais recendo O Livro da Literatura. Todos tem a mesma premissa. E todos trazem títulos que não são mais publicados. Títulos que nunca foram traduzidos e autores que não circulam por aqui obrigando os leiteiros a ler em inglês ou outro idioma. 

Resultado de imagem para livros com listas de livros

Até mesmo as editoras já entraram nessa febre publicando ou republicando alguns títulos dessas listas. Ótimo, para quem estava se descabelando por ter que ler em inglês.

Resultado de imagem para 501 grandes escritores

Será que é tão importante ler a Epopeia de Gilamesh, quando nem se leu Os Lusíadas? 
Ah, mas eu já li  Os Lusíadas. Muito bem. 

Resultado de imagem para 501 escritores

Eu sempre quis ler Mahabarata, mas só tem edições reduzidas, então vou ter ler em inglês ou me contento com o que temos.

Resultado de imagem para livro da literatura

Por que ler Beowulf. Isso vai mudar a minha vida? Que conexão eu tenho com esse livro? Por que me obrigar a ler livros só porque está na moda ler ou porque alguém resolveu fazer um projeto de leitura e eu quero, eu cobiço o mesmo.

Essas listas tem muitos autores que foram lançamentos recentes e as editoras tem interesse em vende-los. O resto é o de sempre, os clássicos. Não precisa que alguém te diga quais clássicos ler. Eles existem há séculos. 

Mas que tenho eu com suas escolhas. Cada um é livre para ir pelo caminho que quiser ou se quiser seguir a manada, digo as listas, então siga. Eu já cogitei comprar um desses livros, mas o que me interessa mais 1001 livros está fora de catálogo. Quem tem não vende e se vende quer mais do que vale. 

Talvez quem tem algum desses livros de listas devesse guardar para os filhos lerem também, E guardar os livros que comprou assim pouparia os filhos de garimpar tudo de novo.

Aguardando um livro/lista com os livros que o Lula leu na prisão

terça-feira, 5 de junho de 2018

Livro: Diário de Viagem- O Sincericídio de Camus

Resultado de imagem para camus diáriosQuando li as memórias de Simone de Beauvoir fiquei sem intender bem porque ela e Sartre romperam com Camus e porque ela detestava o autor de A peste.

Ao ler seu diário de viagens feitas à América e ao Brasil, Uruguai Argentina e Chile entendi um pouco do humor do filósofo-escritor. Alias do mal-humor. Achei típico da arrogância dos franceses. Aquele pedantismo que está incrustado em muitos deles. Sem nenhuma humildade. 

Camus fica mal nas viagens de navio. Em todas elas. Tem febre, mas em nenhum momento ele procura um médico. Estranho. Apenas reclama do excesso de encontros, visitas, debates, conferencias. 


Acha Nova Iorque horrorosa com neons por todos os lados.


O Rio, ele detesta. Acha sujo, caótico e cansativo. Isso em 1947.

Não gosta de quase ninguém com quem encontra. No navio vindo para o Brasil pensa em se jogar no mar varias vezes. Quando está com as pessoas quer estar só e quando está só se deprime. É o tipico insatisfeito. 

Vai à Bahia e não sei porque todo francês que vem ao Brasil os brasileiros levam para o terreiro de candomblé, que Camus chama de macumba. 

Acho que não publicaria esses diários. Primeiro porque são irrelevantes. Segundo porque só mostram uma faceta de Camus que pode, pelo menos entre nós brasileiros, afastar, por aversão, da leitura de sua obra. Para que isso não acontece, melhor não ler esses diários. O sincericídio do Camus é desnecessário e nada nos acrescenta.

domingo, 3 de junho de 2018

Uma paralisação suspeita

Resultado de imagem para caminhoneiros frasesA greve dos caminhoneiros me pegou de surpresa. Por um breve instante achei que eles tinham caído na real, mas depois do vexame da última greve. Pretensamente política, pois não se justificava uma greve para baixar o diesel se ela estava muito abaixo do esperado. Era mais uma artimanha do golpe já em curso. Então logo percebi que era mais do mesmo. Mas os caminhoneiros seguem a manada e em tempos de whats up, lugar onde trafegam quase só notícias falsas, é fácil convocar uma paralisação.  

Havia caminhoneiro pedindo intervenção militar, os servos do candidato que pode não vir a ser candidato. A maioria dessa classe é de direita. Conheço os tipos, pois na minha cidade é a profissão dominante de quem não tem estudo ou teve preguiça de trabalhar. Pega um caminhão, porque só precisava saber dirigir, e sai por ai. Os aventureiros também são atraídos pelo ofício. E, ademais, quase todas as crianças passam boa parte da infância brincando de caminhão. 

Fizeram um auê, é verdade. Pararam o país. Mostraram que o brasileiro não fica sem combustível. Pode ficar sem alface, mas sem combustível não. Se o governo, que me pareceu conivente, quisesse bastaria derrubar o Whats. Mas como eles iam se comunicar?

Muitos memes surgiram porque enquanto uns sofrem outros riem. Este é o Brasil onde nada se leva a sério. Então porque se preocupar se a batata está custando 10,00 o quilo. Se as pessoas estão catando galhos para fazer fogo. É bom ir aprendendo a plantar batata, mesmo porque é a única coisa que cresce em Marte. Brincadeiras à parte. Quando os governos anteriores disseram que iriam reativar  e expandir as ferrovias, as empresas de carga que dependem das estradas fizeram lobby contra. Sempre farão. Os idiotas de plantão só veem o próprio umbigo. Estes deveriam ser despachados para Marte, sem as batatas. 


Quem são eles?

Resultado de imagem para idiotas do agronegócio
Estava eu andando pela rua da minha cidade e eis que vejo uma camionete com um adesivo daquele que não se fala o nome. Um pretenso candidato a transformar o Brasil em Israel, onde todo mundo anda armado. Sonho dos armamentistas, garotos de propaganda da industria das armas. O carro estava em frente da padaria. Chovia. Debaixo do meu guarda-chuva olhei para dentro da padaria para identificar o inimigo. Pensei com meus botões: Que coragem se expor assim! Mas depois também pensei: Bom saber! 

O cara não é um néscio ou é. Estudou agronomia, tem terras. Enfim, me espanta que o agronegócio tenha caído de amores pelo fulano em questão. Conheço muitos agricultores, pois a cidade sempre foi agrícola. São politizados, Frequentam o sindicato. Gente que não terminou o primário e ai olho para o filhinho de papai, dono de terras e vejo o contraste gritante.

Para meu assombro ainda vi dois carros com a frase "Intervenção já!"

Não é o estudo que diferencia as pessoas, mas o conhecimento ( não necessariamente libresco). Saber a diferença entre o que é e o que não é. Uns só olham para si mesmos e os outros olham para o todo. Espero que mais desses idiotas do fuzil mostrem sua cara para saber quem são e me manter longe deles, os patos.

Uma bandeira nova para o Brasil

Resultado de imagem para outra bandeira para o brasil

E então não vai ter copa? Vai, lá na Rússia. A não ser que o tio san convocar o terror pra atrapalhar como fez aqui em 2014, só que com um outro tipo de terror: os Think Tanks. 

Mas muita gente está com receio de por verde e amarelo ou a camisa da seleção e ser confundido com o coxinha de direita. Vejam só não temos mais bandeira e nem nada nacional. Foi tudo privatizado, Em outras palavras, entregue a preço de banana, em troca de propina. 

Da próxima vez que houver um chamamento às ruas que cada grupo faça a sua bandeira e deixe a bandeira do país de fora. Mas isso já não vale mais para o Brasil. Agora é tarde. Precisamos pensar em outra bandeira que seja novamente de todos.

Quem sabe um concurso. Fica a dica.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Leituras: 2018

L-livro
E-Ebook
A-Audiolivro


Não-Ficção

1,E-O que aprendi sendo xingado na internet-Leonardo Sakamoto
2.L-Um livro por dia-Jeremy Mercer
3.L-A cabeça do italiano-Beppe Severgnini
4.E-Romancista como vocação-H. Murakami
5,O Reino da fala-Tom Wolfe
6.A-A História do mundo para quem tem pressa-Marriot
7.E-Pape Satan Aleppe-Umberto Eco
8.E-John Lennon em N.Y- James Mitchell
9.E-O Príncipe-Nicolò Machiavelli
10.L-Questão de ênfase-Susan Sontag
11.L-Imagens-Ingmar Bergman
12.E-Como curar um fascista-Amós Oz
13,L-Mishima-A Visão do vazio-Marguerit Yoursenar
14.E-Eu Sou Malala-M. Yousafzai e Cristina Lamb
15.L-Diego e Frida-Le Clézio
16,E-Os Homens explicam tudo para mim-Rebecca Solnit
17.L-Viagem na Rússia-Joseph Roth



17/17



Ficção

Infantil/Infanto-juvenil

1.A-Diário de um banana-vol 4-Jeff Kinney
2.L-O lagarto-José Saramago
3.E-Uma noite na praia-Elena Ferrante
4.A-A árvore de Beto-Ruth Rocha
5.L-Inês- Roger Mello
6.L-O mundo no black power de Taylo-Kiusam Oliveira e Taisa Borges
7.L-Desenhando na cidade-Teju Behan
8.L-A Ditadura é assim-Vários autores- Ilustração-Mike Casal
9.L-Bárbaro-Renato Mariconi
10.L-Das crianças Ikpang para o mundo-M.Mirang
11.L-História da ressurreição do papagaio-Eduardo Galeano
12.L-Migrando-Mariana Chiesa Mateos
13.A-Filpo Filva- Eva Furnari
14.A-Cocô de passarinho-Eva Furnari
15.E-Tales from outer suburbia-Shaun Tan
16.E-O Mistério do coelho pensante-Clarice Lispector
17.A-Marcelo marmelo martelo- Ruth Rocha
18.E-How the whales became and others stiries-ted Hughes
19.A-Trudi e Kiki-Eva Furnari
20.A-Você troca-Eva Furnari
21.A-O Menino que aprendeu a ver- Ruth Rocha
22.How to hide an  Octopus- Ruth Hellers


22/39

Adulto

1.A-O Mandarim-Eça de Queiros
2.L-Sagarana-Guimarães Rosa
3.L-O crocodilo-Dosto
3.L-Um amor feliz-Poemas-Wislawa Szynborska
4.E-Um jogador-Dosto
5.E-Mistério bufo-Maiakoviski
6.E-Diário de um louco-Gogol
7.L-The sailor who fell from grace with sea-Yukio Mishima
7.E-O Capote e o Retrato-Gogol
8.E-O Inspetor geral-Gogol
9.L-Poemas Escolhidos-E. Bishop
10.E-Poemas-Wislawa Szynborska
11.E-O Idiota-Dosto
12.E-Diário de um escritor-Dosto
13.E-A Leste do Éden-John Steinbeck
14.E-O Duplo
15.E-O casamento do pequeno burgues-Brecht
16.E-Os irmãos Karamazov-Dosto
17.E-Guerra e paz-Tolstoi
18.L-Everything is illumineted-J.Safran Foer
19.L-Zazie no Metrô-Raymond Quesneau
20.L-Ficções-Borges
21.E-O Conto de Aia- Margaret Atwood
22.E-Fator humano-Greaham Greene
23.E-Silêncio-Shusuko Endo
24.L-Clarice Lispector Todos os Contos
25.E-Gente pobre-Dosto
26.E-Kitchen-Banana Yoshimoto
27.E-Senhorita Júlia-Strindberg
28.E-Hardboiled and Hard Luck-Banana Yoshimoto
29.E-A Senhoria-Dostô
30.E-Sinuca embaixo d´água.-Carol Bensimon
31.L-Pawana-Le Clézio
32.E-Ressurreição-Machado de Assis
33.L-A descoberta da Escrita-Karl Ove Knausgard
34.E-Duas narrativas fantásticas-Dostô
35.L-Le Tour du Monde en 80 jours- (versão reduzida)- Jules Verne
36.L-Quel Petit Veló à Guidon Chromé ou Found de la Couer?- Georges Perec
37.L- Oranges are not the only fruit-Jeannete Winterson
38.L-Guadalupe-(HQ)-Angelica Freitas e Odyr
39.E-Moby Dick-Graphic Novel-Christophe Chabouté
39.L-Peixe Dourado-Le Clézio
40.L-Une Gourmandise- Muriel Barbery
41.E-And Still I Rise-Maya Algelou
42-E-O Sol é para Todos-Harper Lee
43.E-Frida e Trotski-Gérard de Cortanze

43/82


Maratona de Leitura-Kindle Unlimited
(Livros ou ensaios de até 160 páginas)

1.Almanaque do Maluquinho-O Japão dos brasileiros-Ziraldo
2.Les Fréres Karamazov-Jaques Catteau
3.Dostoiéviski et la modernité-Nicolas Bonnal
4.Rússia-Hebe Boucault
5.Expresso do Oriente:3100 km de Paris a Istanbul de bike
6.Sobre a questão judaica-Karl Marx
7.Por que Lutamos?-Niki Walker
8.Aventuras de bike:Estrada da Morte Bolivia-José Vanderlei Dissenha
9.Aventuras de bike:Estrada Real-Caminho Velho-J.V. Dissenha
10.Machu Pichu e Trilha Inca- J.V. Dissenha
11.Lutas de classes na Rússia-Marx e Engels
12.Tolstoi, um ensaio-Thomas Mann
13.Ensaio sobre Tchekhov-Thomas Mann
14.O Sicídio de Maiakoviski-Tolstoi
16.As Bacantes-Eurípedes
17.A Revolução das mulheres-Aristófones
18.O Samurai impaciente-Hugo de Medeiros
19.O Homem de Darwin-Claudio Blac
20.Demian-Herman Hesse
21.Gandhi(mangá)-Kazuki Ebine
22.Deixa sair-Sonia Hirsch
23.Manual do heroi-Sonia Hirsch
24.Boca feliz-Sonia Hirsch
25.A Revolução das mulheres-Aristófones
26. Antonio Conselheiro-HQ-Marcelo Biar
27.O Príncipe-Nicolò Machiavelli
28.Teatro-David Mamet
29.Tulipas azuis-Will Mountith
30.Diário de uma viagem à Russia-Lewis Caroll
31.Maquiavel 90 Minutos-
32-Desenhos- Sylvia Plath
33.Benjamin-Biaggio D´Angelo

33/115